Capuccino com Mingau

Arquivo para o mês “junho, 2012”

A caminho de um sonho

Image

Querido diário, eu estou com muita raiva de meus pais nesse momento. Mas não tem problema. Porque o meu cofrinho está cheio de dinheiro para mim ir para a Disney. Quando eu disse que ia fugir e morar junto com a Cinderela e o Príncipe no castelo dela, nenhum dos dois acreditou. Mas eles que esperem para ver quando verem a Princesa Mari em um novo conto de fadas. Mas eu não queria morar com a Cinderela, queria morar com a Branca de Neve. Bem, mas a Cinderela também serve.”- foi isso que eu escrevi em meu diário quando eu tinha cinco anos, e ainda estava me acostumando com a ideia de que eu sabia escrever. Hoje eu fui ler isso e sorri.

Com cinco anos eu pouco sabia da vida, mas pensava saber muito. Mas, com cinco anos, eu já tinha os meus sonhos formados. Claro que alguns impossíveis, mas sem duvida nenhuma, o meu maior sonho era ir para a Disney. Quando eu brigava com meus pais, ficava trancada em meu quarto chorando, planejando uma fuga para lá. Mesmo que eu nunca tenho estado lá, a Disney sempre foi o meu refugio. Um lugar com o qual eu podia sonhar. Pensamentos, que mesmo em meio á lágrimas, me fazia sorrir ao me imaginar vendo os fogos de artifícios no castelo da Cinderela. Mas eu cresci, e vi que não podia simplesmente pegar minhas malas, cinquenta reais, e tentar fugir no meio da noite, como eu tentei fazer uma vez (é, não deu muito certo… o porteiro não me deixou sair, então eu tive que voltar, apertar a campainha, e me deparar com a fúria de minha mãe). Mas mesmo assim, eu continuava sonhando com a Disney. Meu pai sempre me incentivava, e nós fazíamos planos com um sorriso no rosto. Já minha mãe… bem, minha mãe nunca gostou muito dessa ideia, e isso fez com que brigássemos muito.

Eu me lembro como aquela garotinha ficava hipnotizada vendo alguma matéria sobre o mágico mundo da Disney na televisão, de como ficava com inveja quando as amigas voltavam de lá pela quinta vez, desiludida quando promessas eram feitas e quebrada. Será que o universo estava contra mim, afinal?

Mas agora eu vejo. Não seria tão especial se eu fosse naquele momento. Eu não saberia dar o valor necessário aquele momento. Então parece que a dor das desilusões valeu de alguma coisa afinal. Mas o que importa é que hoje, nesse momento, ninguém pode me impedir. Estou há algumas horas de entrar num avião, e pisar em território americano com uma amiga minha (@IMinarypontocom), com a prima dela e com o meu primo. Quer dizer… eu ainda nem acredito que isso seja mesmo real. Amanhã não vou ter o conforto de minha cama, e o aconchego de minha casa. Mas, em compensação, vou ser encoberta por uma maravilhosa sensação de, finalmente, estar realizando o meu sonho. Aquilo com que sonhei por tanto tempo. Dez anos depois, isso só se torna mais mágico. O que eu tenho a dizer é que, eu podia estar chorando em um canto, odiando tudo o que estava ao meu redor por me impedir de realizar meu sonho. Mas eu nunca, nem sequer em um momento, pensei em desistir. E quanto á minha mãe? Bom, posso dizer que eu nunca fiquei tão feliz com ela como estou agora. Sei o quanto deve ser difícil para ela deixar a unica filha, ir para um país estranho, sozinha, com pessoas estranhas. Mas ela está deixando eu viver o meu sonho, e eu serei eternamente grata por isso.

Sentirei saudades de muitas pessoas, e provavelmente não terei tempo para escrever aqui durante dezessete dias. Mas eu prometo, que voltarei cheia de novidades, e deixarei o blog aos cuidados de Ju. Enfim, o que eu tenho dizer agora pode ser um pouco clichê, você provavelmente já escutou de várias pessoas, mas sim, eu direi de novo: Nunca, jamais, em hipótese alguma, desista de seus sonhos.

Mari

Tipos de Câmera

Cada vez mais o universo da fotografia digital vem aumentando,com isso a procura de DSLR”s Também. Mas que câmera escolher?

Para poder escolher uma boa camera, primeiro você tem que saber o seu nivel.

°Iniciante: Fotógrafo um pouco confuso com as questões técnicas e que precisa aprender mais antes de sentir-se confortável com conceitos como ISO,velocidade do obturador e abertura do diafragma.

° Intermediário: Fotógrafo que compreende os conceitos mencionados acima e está pronto para começar a usar técnicas avançadas.

°Entusiasta: Fotógrafo que conhece bem a câmera e tem uma ideia clara dos efeitos e ferramentas que necessita.

°Profissional:Fotógrafo que tira fotos para viver,Deseja uma camera robusta,rápida, confiável eficaz que ofereça a melhor qualidade possivel,apoiada por um amplo leque de objetivas e acessorios.

O Termo “kit” refere-se a camera fornecida já com objetiva (opção mais em conta para modelos basicos.

A Expressão “só corpo” pressupõe que o comprador já possua sua objetiva ou a compre separadamente.

Iniciante:

– Sony A230 kit

– Canon EOS 1000D (Rebel Xs) kit

– Nikon D300

Intermediario

– Sony A380

– NikonD5000 kit

 – Canon EOS 450D (Rebel XS) kIT

Entusiasta

– Sony A700 (só o corpo)

– Canon EOS 50D kit

– Nikon D90

Profissional

 -Nikon D300s só o corpo

-Pentax K-7 kit

-Sony A900 só corpo

Image

ps:Os post são semanais,esse é um adiantamento pois semana que vem não vai haver post 😦

ps2: A MARI VAI VIAJAR AMANHÃ GENTE!!!!! QUEM JÁ TA COM SAUDADE DELA? O////

ps3: prometo cuidar bem de vocês. hahaha

Conteúdo adaptado de :Digital Photographer Barsil

Edição: 01 pag:48

Juliana Mauler

A importância de ter uma boa costureira

Image

Quem nunca babou em uma roupa que as meninas de Gossip Girl usaram? Quem nunca folheou a revista, e encontrou o vestido perfeito? Quem nunca deu uma de estilista, e desenhou aquela roupa que você sempre sonhou? Quantas dessas vezes vocês ficaram decepcionadas por procurar na cidade inteira uma peça igual, mas achar apenas uma menos deslumbrante, pouco parecida, e absurdamente cara? É nessas horas que a falta de uma boa costureira pesa. Por isso, eu tenho a minha.

     O problema, é encontrar uma costureira boa. E sabe por que outros motivos ter uma costureira excelente é ótimo? Você terá uma peça exclusiva feita sob medida para você, irá cair perfeitamente em você, personalizar aquela jaqueta velha da sua mãe, ajustar uma roupa, dentre outras coisas… Por isso uma boa costureira é tão precioso. Pois de nada adianta um trabalho mal feito.

       Além de que eu tenho peças extremamente lindas e exclusivas no meu guarda-roupa. Uma vez, vi um vestido em uma revista, e foi amor a primeira vista. Quando entrei no site da loja para comprá-lo: R$ 750,90 mais o frete. Corri para a minha costureira, comprei os tecidos, e ela cobrou R$ 90,00 por ele, e ficou exatamente igual ao da revista.

       Com uma boa costureira, sua imaginação pode correr livre e solta, e você pode dar vida á qualquer roupa quiser (desde que encontre o tecido, é claro). É de extrema importância em casos de emergência. Sabe aquela sensação ruim de você imaginar AQUELE vestido para AQUELA festa, e não encontrar nada como você quer? Eu tinha essa sensação até encontrar minha costureira, e hoje em dia não desgrudo dela por nada. Na verdade, eu acabei de voltar de lá para fazer um vestido para eu usar no meu aniversário. Ela é minha salvadora, pois o vestido que eu mandei fazer é absolutamente incrível, e eu já procurei em tudo quanto é lugar e não achei nada igual. Boa sorte na procura de uma boa costureira.

Mari

Fotos na Praia

Enfim o tão esperado verão chegou,com calor,energia e muita luz,para aproveitar essa época maravilhosa do ano, todos nós vamos querer registrar em grande estilo,seja com  a familia,amigos ou namorado todos querem no final ter uma bela recordação.

Pensando nisso, o capuccino com mingal preparou uma post com dicas de fotos na praia,preparados?

Então ai vai:

1 – Quem pensa que os materiais feitos na praia são sempre iguais, estão errados. A praia é um lugar repleto de  oportunidades,só basta você ter um pouco de criatividade e visão.

Encontre o ponto: Não necessariamente você tenha que capturar pessoas sozinhas, procure uma pesa chave, que conte a história do passeio, como você jogando uma bola, sua irmãzinha com protetor-solar no nariz ou como o seu tio fica esquisito com os óculos de sol.

02 – De olho na luz

O sincronismo é muito importante para uma boa foto na praia,então procure ir mais cedo ou no final da tarde. Para começar, haverá menos gente sem contar que a cada horário o sol se mostrar em um angulo diferente .

   

 03- Preto e Branco

Você pode fazer uma produção em preto e branco e ver qual impacto o efeito causa na foto. Há algo sobre esse tipo de fotografia na praia que tem o poder de mudar completamente o sensação e o humor do foco, é também uma otima maneira de trazer vida  para fotos em dias nublados que muitas vezes pode deixar a cena sem cor.

Foto de Sara Heinrichs

Conteúdo adaptado de: http://meuscrap.com.br/site/33/

Juliana Mauler

Look do Dia: Hello Animal Print

Image

ImageImage

Image

ImageImageImageImageImageImageImageImageImageImage

Vestido: Bubaleh     Salto: Santa Lola

Fotos: Juliana Mauler

Image

Michelle Pan

Aqui vai uma dica para aquelas que amam make: Michelle Pan. Uma japinha linda, sucesso no youtube, com ÓTIMOS tutorias, que ensinam passo-a-passo. Os videos são em inglês, mas não a descarte por isso. Ela faz o passo-a-passo, e nós entendemos tudo sem precisar falar inglês. Aqui vai alguns videos dela:

Esse vídeo, Michelle fez um pouco diferente. Ela maquiou Ashlynn inspirado em Alice no País das Maravilhas, e é inspirador porque Ashlynn tem câncer.

Essa é Juliana…

Image

Essa é Juliana Mauler. Minha melhor amiga, fotografa oficial do blog, e agora, também fará posts semanais dando dicas de fotos. Eu achei que era melhor vocês conhecerem um pouco ela melhor já que ela vai blogar aqui, então fiz essa pequena entrevista com ela:

Quando você começou a se interessar por fotografia?

Ok,eu sempre amei essa arte, mas comecei a fotografar mesmo com 12 anos.

De que tipo de fotos você gosta?

Gosto de fotos claras e limpas,mas dependendo do meu humor um filtro sempre deixa a foto mais artística.

O que te inspira na hora de fotografar?

Depende do que seja meu foco. Mas o que realmente me faz levantar e dizer “putz,hoje é dia de material!” é a Luz.

Você tem algum fotografo que te inspire?

O mestre Steve Anderson.

BEM VINDA AO BLOG!

WOOOW Isso é maravilhoso, espero que seus leitores tenham a mesma recepção!

Então é isso, gente. Dêem as boas vinda á ela.

Mari.

Filmes para Domingo

Chega domingo, junto com aquele tédio e depressão pré-segunda. Se você não vai sair, aqui vai uma listinha de filmes, aprovada por mim, que vai te tirar do tédio, fazendo você suspirar, chorar, ansiar, e gritar.

Image

Cartas para Julieta – Sophie (Amanda Seyfried) é uma aspirante a escritora que viaja para a Itália ao lado do noivo Victor (Gael García Bernal), que sonha em ter seu próprio restaurante. Em Verona, onde se passou a história de Romeu e Julieta, local perfeito para uma lua de mel antecipada, Sophie acaba percebendo que seu noivo está mais interessado nos fornecedores para seu restaurante do que nela. Na cidade descobre uma antiga carta de amor e junta-se a um grupo de voluntárias que responde estas missivas amorosas. Para sua surpresa, a remetente Claire Smith (Vanessa Redgrave) ouve o conselho dado na resposta e vai procurar Lorenzo, por quem se apaixonou na juventude. Mas existem muitos italianos com o mesmo nome e Sophie demonstra interesse em ajudá-la na tarefa, desagradando o neto Charlie (Christopher Egan), que já tinha reprovado essa louca aventura da avó viúva.

Image

Alta Frequência – O que você faria se tivesse a chance de voltar no tempo e mudar apenas um evento na sua vida? John Sullivan (James Caviezel) tem a resposta na ponta da língua: desfaria os eventos de 12 de outubro de 1969, quando um incêndio matou seu pai (Dennis Quaid), um heróico bombeiro. Desde então, John sonha em ter conseguido impedir a tragédia daquele dia fatal, que fez com que sua vida como adulto se tornasse cheia de raiva e solidão. Mas agora John pode conseguir realizar seu desejo. Um dia antes do aniversário da morte do pai, em meio a uma terrível tempestade, John encontra o rádio velho de seu pai. Apesar da estática, ele consegue conversar com um homem que diz ser um bombeiro e que jogou nas World Series de 1969, assim como seu pai. Mas será que John está mesmo falando com seu pai, ambos na mesma casa, no mesmo rádio, mas com três décadas de distância entre eles?

Image

Moulin Rouge – Christian (Ewan McGregor) é um jovem escritor que possui um dom para a poesia e que enfrenta seu pai para poder se mudar para o bairro boêmio de Montmartre, em Paris. Lá ele recebe o apoio de Henri de Toulouse-Latrec (John Leguizamo), que o ajuda a participar da vida social e cultural do local, que gira em torno do Moulin Rouge, uma boate que possui um mundo próprio de sexo, drogas, adrenalina e Can-Can. Ao visitar o local, Christian logo se apaixona por Satine (Nicole Kidman), a mais bela cortesã de Paris e estrela maior do Moulin Rouge.

Image

O bêbê de Rosemary – Um jovem casal se muda para um prédio habitado por estranhas pessoas. Quando ela (Mia Farrow) engravida, passa a ter estranhas alucinações e vê seu marido (John Cassavetes)
se envolver com os vizinhos, uma seita de bruxas que quer que ela dê luz ao Filho das
Trevas.

Image

Chocolate – Vianne Rocher (Juliette Binoche), uma jovem mãe solteira, e sua filha de seis anos (Victorie Thivisol) resolvem se mudar para uma cidade rural da França. Lá decidem abrir uma loja de chocolates que funciona todos os dias da semana, bem em frente à igreja local, o que atrai a certeza da população de que o negócio não vá durar muito tempo. Porém, aos poucos Vianne consegue persuadir os moradores da cidade em que agora vive a desfrutar seus deliciosos produtos, transformando o ceticismo inicial em uma calorosa recepção.

Image

Contatos de Quarto Grau – O desaparecimento de pessoas numa pequena cidade do Alasca desperta a atenção de um estudioso, qua acaba misteriosamente assassinado. Sua esposa, a psicóloga Abigail Tyler (Milla Jovovich), passa a associar as estranhas visões de seus pacientes traumatizados com o crime ocorrido e até então sem solução. Após outro caso de morte, desta vez envolvendo indiretamente a psicóloga, o xerife August (Will Patton) passa a considerá-la suspeita, dando início a um intrigante e assustador “jogo” de perguntas e respostas sobre deuses e alienígenas através das sessões de hipnose.

 

Mari

Pequenos Milagres

Image

Não entendi direito o que houve hoje. Talvez um pequeno sinal para que eu não perdesse a fé e as esperanças, mas aquilo realmente me tocou. Estava chovendo, na verdade era mais um temporal. E eu estava refugiada na chuva, em um pet shop. Um mendigo estava sentado na calçada, e me pediu alguns trocados, e eu disse que não tinha. Me afastei um pouco dele, com medo dele ser louco, mas ainda fiquei perto dele, esperando a chuva passar. Era horrível ver como as pessoas preferiam passar na chuva ao passar perto dele. Aquilo realmente me deixou enfurecida. Tão enfurecida e perplexa, que eu nem reparei que um jovem cego vinha em minha direção, e eu não desviei, pois não o vi, e ele esbarrou em mim. Pediu desculpas, e eu também pedi desculpas, e me senti terrivelmente mal.

                O cego parou em frente á mim e ao mendigo, e eu soube que ele pôde sentir o cheiro do meu perfume caro, e o cheiro do mendigo. Porém, ele me ignorou, parou em frente ao mendigo e lhe perguntou:

                _ Está chovendo?

                _ Sim.

                E então o jovem cego parou no meio do espaço que eu tinha deixado entre mim e o mendigo por medo, e começou a conversar com ele. Eu fiquei perplexa, e um pouco envergonhada por ter me afastado um pouco do mendigo assim que o vi. As pessoas não pararam para observar a cena, e certamente, não viram a coisa com os meus olhos. Estavam muito ocupados com seus assuntos cotidianos para reparar nisso. Mas eu acho que a visão de um cego, bem vestido e que aparentava ter boas condições financeiras, conversando com um mendigo sem que ele o assaltasse, a fizeram sentir mais seguras, e assim elas não passavam mais pela chuva o evitando. Quando a chuva parou, ele se despediu primeiro do mendigo e depois de mim. Porém, eu continuei parada ali boquiaberta. O mendigo sorriu, talvez porque ele só quisesse que alguém conversasse com ele. Alguém que o visse como um homem, não como um mendigo.

                E foi quando eu me dei conta que a vida era composta por pequenos milagres, que de certa forma aquilo foi uma mensagem de Deus para que eu não perdesse a fé e a esperança . De que se coisas como essas aconteciam, ainda havia uma esperança para o mundo. E se havia uma esperança para o mundo, talvez ainda houvesse uma esperança para mim. Eu sorri também, e antes de ir embora, me odiei por não ter nenhum trocado. Mas disse “tchau” á ele, e o sorriso dele se alargou. E aquilo me fez completamente feliz.

Alice Champoudry.

Series: Jane By Design

Image

Já tinha houvido falar de Jane By Design, mas confesso que não me empolguei muito. Só fui ver porque eu estava esperando Pretty Little Liars, Gossip Girl, dentre outros… e foi tipo assim, amor a primeira vista. Caso vocês não saibam, eu quero me formar em moda, e ver Jane Quimby (Erica Dasher), uma adolescente com o mesmo sonho que eu, de repente, por um mero erro (ou destino), ganhar uma oportunidade que muitas matariam por ter, foi incrível. Mais incrível ainda porque, houve um erro no seu currículo, e agora ela tem que se passar por adulta durante o emprego, onde ela brilha e chama atenção; e ser a adolescente normal da escola, onde ela é impopular.

        Só quem sabe sobre sua vida secreta, e a ajuda como outra pessoa nunca ajudaria, é o seu melhor amigo, Billy (Nick Roux). E é muito engraçado ver o que os dois passam para manter em segredo essa vida dupla, e as complicações que os dois tem quando começam a se envolver com as duas pessoas mais populares da escola, Jane com Nick Fadden (Matthew Aktinson), e Billy com Lulu Pope (Megan Tandy). Oh, e Lulu é a inimiga de Jane na escola, então o relacionamento dela com Billy pode complicar um pouco a amizade dos dois.

Image

E como se não bastasse Lulu no colégio para infernizá-la, também tem India Jourdain (India de Beaufort) no trabalho, que está disposta a fazer qualquer coisa para destruir Jane, e a sua chefe, Gray.

    É um ótimo seriado, principalmente para quem gosta de moda. Vale super a pena assistir, e ficar fissurada na história, e babando nos desfiles de moda que a Donovan Decker dá. É realmente incrível, e vale a pena assistir.

Navegação de Posts