Capuccino com Mingau

Arquivo para a tag “U.S.A.”

U.S.A. Parte dois – Orlando – Compras

Uma palavra para as consumistas de plantão: outlets. Sim, o paraíso das compras. Shoppings outlets são shoppings enormes, com as mais variadas marcas, e os preços reduzidos que fazem qualquer um pirar. Eu fui em dois shoppings outlets em Orlando: o Premium Outlet e o Premium Vineland. Não tem como sair de lá de braços vazios. Lojas obrigatorias: Charlotte Russe, MAC, Lancome, Vans, alem de outras que vocês vão vendo enquanto passeiam pelos corredores.

     Só cuidado! Enquanto vocês passeiam pelos corredores, vendo as vitrines das lojas, existem uns quiosques que ficam lá no meio do shopping. As vendedoras te chamam, te sentam em uma cadeira, testam os produtos em vocês, e praticamente obrigam vocês a comprarem. Elas sabem muito bem como vender um produto.

      Eu fui em uma loja de perfumes e cosméticos lá em Orlando, a Perfumeland (que é uma loja Brasileira, que fica perto de um restaurante Brasileiro excelente, para quem quiser dar uma variada no fast food vale a pena, além de ser barato). Lá é o paraíso dos perfumes e cosméticos. Comprei o meu tão desejado Moroccanoil por 30 ou 40 dolares. Mas perfume, sugiro que vocês comprem num desses quiosques que eu falei agora há pouco. Eu comprei um quite do Sex and the City, com hidratante, perfume, sabonete e muitas outras coisas por U$ 39,90. Já a minha amiga gastou esse mesmo preço em um unico perfume, que lá estava bem mais barato.

      Eletrônicos, eu sugiro que comprem em Nova York ou Miami. Mas, para quem quiser comprar em Orlando, existe uma loja lá chamada Yes Brasil! E lá é otimo, porque também fica perto de um restaurante Brasileiro, o Camila’s, que também é excelente e barato, tem um mercadinho lá, e tem essa loja de cosméticos e eletrônicos. E lá, todo mundo fala português. Lá é um pouco caro, e me arrependi de não ter esperado para comprar o meu laptop em NY ou em Miami, mas o meu laptop é otimo. É um Sony Vaio, e eu estou amando ele e babando até hoje. Mas lembrem-se: a cota de eletrônicos na Alfândega é U$ 500,00. Se passar disso, eu sugiro que você declare e pague o que eles cobrarem lá.

      A Alfândega é uma coisa insuportavelmente chata! Nos Estados Unidos, tudo o que você compra, você tem que pagar o preço do produto, mais a tacha que é imposta. O meu laptop, estava dentro dos limites impostos pela Alfândega. O que ultrapassou, foi a tacha, e eles me fizeram pagar. Para pagar na Alfândega, tem que ser em real, e tem que ter conta no Banco do Brasil. E se você decidir por não declarar, existem duas possibilidades: eles te liberam, ou eles mandam você para revista, e se acharem algo, você paga o valor que teria que pagar e mais a multa. Então, por via das duvidas, eu sugiro que vocês declarem.

Image

 

Beijinhos, Mari.

P.S.: O proximo post sobre os USA, vai ser sobre NY.

 

Anúncios

Navegação de Posts